24 de novembro de 2019

Conheça José Paulo, o artista alagoano que transforma lixo e sucata em obras de arte

Desde muito novo José Paulo já trabalhava. Ele veio do interior de Alagoas em busca de oportunidades na capital e, em virtude das suas habilidades manuais, tornou-se marceneiro. Sempre inquieto, aprendeu a soldar e esse foi o start para o desenvolvimento das abras que assina há 4 anos. Ele tem uma expertise incrível na construção de esculturas e o inusitado do seu trabalho é o uso de materiais que seriam descartados – lixo e sucata se tornam base para construção das peças que tem um perfume lúdico. Por não ter aproveitado a infância, hoje José Paulo “brinca de criar” e tem como fiéis companheiras as cadelas Jordina e Jordilea, que alegram seu ateliê.

O marceneiro que se descobriu artista dá vida a pedaços de aço, pneus, madeira, inox, pedra, coco, latas, garrafas e até peças usadas de carros e motos. Todo essa material que seria descartado vira matéria-prima para esculturas de animais, como cachorro, cavalo, leão, coruja e outros. Além de preservar todas as características dos bichos, algumas peças possuem até movimento. O ateliê é um verdadeiro “zoológico” da arte.

Com uma sensibilidade plural, nosso fotógrafo e publicitário Thomaz Japiassú foi o responsável por estas fotos poéticas no ateliê do José Paulo. As instalações que antes eram uma escola, hoje abrigam a oficina e galeria do artista. As imagens produzidas são carregadas de força e encantamento. Quando perguntamos sobre as sensações estéticas ao produzir as imagens, Thomaz destacou que foi uma experiência surpreendente. “Presenciar a transformação dos materiais de descarte em obras arte é mágico, e ver a felicidade no olhar do criador revela a verdadeira essência de um artista plástico”, comenta.

“É gratificante conseguir mostrar para as pessoas que é possível fazer coisas incríveis com a reutilização.”

Arte com propósito tem um toque ainda mais especial; para Paulo, sua principal inspiração vem de Deus. Ah, e os seus animais inconfundíveis já foram enviados para diversas capitais brasileiras e inclusive outros países. “Gosto de trabalhar com arte pela liberdade de me expressar através da imaginação, e ninguém manda em você”, sintetiza. Os interessados em conferir as obras de José Paulo podem visitar seu ateliê, que fica na Rua General Hermes, nº 1394, no bairro do Bom Parto.

Fotos: Thomaz Japiassú

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *